Sabe aquele amigo, parceirão de trabalho, namorado, pai, irmão (ou até você mesmo) que é um tanto preguiçoso na hora de se vestir? Ninguém precisa ser um talento do estilo, é verdade… só que depois dos 20, desleixo pega mal, né?
Mas tudo bem. Ninguém nasce sabendo e poucas são as oportunidades que temos de entender dessas coisas.

Screen Shot 2015-06-08 at 4.10.06 PM

A boa notícia é que você pode contar conosco nesta árdua missão de entender os tipos de peças, as coordenações possíveis e as combinações X ocasiões. Mais que isso, a gente te deita no divã pra entender qual o seu estilo e vai a campo contigo.
No fim, deixamos tudo explicadinho e saimos de cena, para você tirar onda de estilosão por aí ; )

> É bem mais barato do que você imagina e pode ser muito mais divertido do que você pensa! Escreva-nos: contato @ newgents.com.br
[Não acredita?! Se você preferir, a gente ainda te coloca em contato com gente que já passou pelo processo]

In:News

Por aqui, a gente acredita que o seu trabalho não deve limitar a sua identidade nem a sua existência. O equilíbrio perfeito vem disso misturado a muitas outras de suas facetas.
Parece que a Quicksilver também pensa assim! Eles acabaram de lançar um terno, de neoprene, com o qual você pode trabalhar e, na sexta-feira, correr pro mar


# # # # #

SP/CWB, Março 2015 ~ Unimos o melhor dos dois universos: o estilo despretensioso dos cool guys da OpenStudio e a origem dos gentlemen da New Gents. A partir desta collab, criamos a capsule collection que apresentamos agora.

De maneira simples e original, exploramos a gravata e os azuis, em sua forma mais pura e clara. Nos Inspiramos no dinamismo e nos contrastes do homem global, que convive bem com novas ideias, mas que também faz questão de representar as próprias raízes. Traduzimos isso, então, em três peças únicas, cada uma com sua própria personalidade, em tecidos como Chambray, Paisley e listrado.

> SHOP HERE <

# # # # #

Começou assim: quando o nosso designer e diretor criativo fez aniversário, no ano passado, ele ganhou de presente uma bela aquarela. Como tema da obra, a gravata borboleta Flora, da coleção Primavera’13.

Tempo se passou e veio a nossa coleção “CalOR ~ Verão’15″, cuja estética criativa passava pela suavidade intensa das aquarelas. E aí que não pensamos duas vezes em convidar o designer e artista Fernando Weno, autor do presente, para integrar a terceira collab da temporada. “A aquarela é simples, permite um certo controle de quem pinta, mas ao mesmo tempo é imprevisível. Para mim, cria condições de arriscar mais”, explica.

A ele, foi passada a missão de retratar o espírito da nossa CalOR, em três obras exclusivas (e peças únicas, claro). “Verão é mais cores na rua. É ir atrás de um clima ‘praia’ mesmo que se more na cidade.”

Weno se meteu entre os pincéis, os lápis e as canetas em cedo: “comecei criança. Lembro de deitar no chão da sala e rabiscar. De lá pra cá, não parei mais!”, lembra ele, que aprendeu fundamentos em um curso de arte infantil e, depois, seguiu a explorar esse universo por curiosidade.

CLIQUE AQUI E CONHEÇA AS TRÊS OBRAS QUE O ARTISTA ASSINOU PARA A GENTE.

Weno tem os olhos puxados. Mas garante que o clichê ‘japonês, portanto aquarela’ não é exatamente uma verdade. “Essa minha ‘orientalidade’ traz, sim, uma interiorização e uma racionalização de qualquer coisa… mas tem um outro lado português que cria um caos para a criatividade”, autoanalisa. “E aí, a gente volta ao que eu gosto, que é misturar coisas: nacionalidades, culturas, comidas… E na arte, como nessas, em que usei traços mais definidos de desenho e a aquarela, que cria este certo descontrole”.

# # # # #

Você nunca pensou que, um dia, desejaria uma joia, não é mesmo? A gente pensou por você.

Esta peça é design exclusivo nosso, executado pelas caprichosas mãos da designer e ourives Liê, em Joinville (SC).
O pingente, em prata escovada, acompanha corrente também de prata e pode ser um deck de skate ou uma prancha de surf — a depender dos olhos de quem vê. No site da Liê Joalheria, você pode conhecer mais do trabalho dessa artista… além de conferir belas opções de presentes para a sua amada (amiga, mãe, namorada, irmã, mulher…)

São pouquíssimas unidades. Acesse nossa loja para namorar a peça e garantir uma.

pingente_ferramentas

cordao_modelo

# # # # #

In:News

Parece que a maresia andou deixando nosso designer e diretor criativo inspirado. E um tanto reflexivo, diríamos!
No primeiro dia do ano, ele fez uma lista do que considerou os maiores aprendizados de 2014. Gostamos tanto, que pedimos para dividir aqui com vocês.

Aí vai:


DAS COISAS QUE 2014 ME CONTOU

—Quer gastar suas energias trabalhando por algo realmente válido? Trabalhe por amizades em que haja cumplicidade; amizades que não tenham ‘foro íntimo’; amizades que não funcionem só na diversão e nas vacas gordas.
Se além disso tudo vier também com lealdade, a sorte é grande!

—As relações entre as pessoas andam muito frágeis. Esse foi um ano em que vi algumas se despedaçarem por meras discussões políticas, por exemplo.

—O socorro vem de onde menos se espera. E nós frouxos podem, sim, ser reatados.

—O “normal” é só uma convenção social e não a verdade única, correta e inquestionável: é ‘normal’ que sua familia te ame; é ‘normal’ que seus amigos te apoiem e te suportem nos piores momentos; é ‘normal’ que você seja feliz; é ‘normal’ que você seja reconhecido por aquilo que faz bem; é ‘normal’ que você, saudável e cuidadoso, não tenha uma doença grave… Mas eventualmente, não.

—O pior tipo de ser humano é o ‘mal perfeitamente travestido de bonzinho’.
É aquilo que a sabedoria bíblica chama, há séculos, de “lobo em pele de cordeiro”: um tipo extremamente perigoso que pode promover males devastadores.

Elegância não é um dress code ou uma combinação de roupas. Elegância é uma escolha e uma atitude.

—Uma boa música pode salvar tudo.

—Um “me perdôa” também.

—Homem chora, sim, meu caro…

—Menos expectativa; menos controle; menos apego irracional.

—Mudar hábitos e estabelecer novos é só uma questão de decisão.

—E que planejamento bom é aquele que vira ação.

—Pensar um pouquinho menos pode ser útil.

—Cuidado: cuidar e ser cuidado (loop).

—Querer ser apenas a melhor versão de si mesmo ajuda a aceitar que o tempo passa, que a velhice não precisa ser um problema e que ninguém tem que ser igual a ninguém.
“The best is (always) yet to come”.

—Há gente que quer conversar; há gente que apenas quer falarzzzzz.

—Reservar 50 minutos, toda semana, pra papear consigo mesmo pode ser fantástico. E proporcionalmente dolorido.

—É preciso estar atento e forte.

—Não é preciso ser forte a todo momento.

—Dizer mais, às pessoas, o que sente por elas.

—Sabedoria é conseguir afastar de si aquilo e aqueles que não fazem bem a si, a ti nem a ninguém.
Joio, trigo e aquela coisa toda…

—A dureza dos anos (2002, 2008, 2012, 2014…) nos endurece, e isso pode ser interessante. Mas resiliência é imprescindível.

—Viagem é a melhor coisa que o dinheiro pode comprar!

—Ter um Plano B é essencial; não ter um Plano B é essencial.

—Reconsiderar pode ser inteligente.
É que as coisas, os lugares e até as pessoas mudam com o tempo.
Verdades absolutas não levam longe.

—Tudo bem haver menos glúten, menos açúcar, menos lactose… Desde que haja mais condescendência.

—Tem uma coisa de mágico e interessante em passar por maus bocados: você enfim constata que a expressão “tudo vai dar certo no final” é um fato e não uma crendice.

# # # # #

In:News

A gente não lembra bem como conheceu o trabalho do Tiago Iorc, bem lá no comecinho. Não sabemos se foi em uma dessas indicações em redes sociais de música ou num link enviado por um amigo. Era um talento notável, desde então, até para ouvidos nem tão entendidos assim, como os nossos. Redescobrimos a música dele no inverno de 2013, com o lançamento das canções do terceiro álbum.

Ficamos encantados por um certo redirecionamento ou reposicionamento do artista. Se antes ele soava como mais um ótimo John Mayer no mercado musical, agora ele soava ele, com identidade própria — e nos dias de hoje, criativamente falando, encontrar/construir uma identidade própria é a maior conquista de sucesso.

Ontem à noite, Tiago encerrou sua turnê 2014 com um show-festa-de-encerramento aqui em São Paulo. Em uma apresentação sem roteiro e com o set list montado na hora, a partir dos gritos de pedido de música da platéia, o músico ‘abusou’ mais uma vez de todo seu bom humor, presença de palco e brilhantismo musical — acompanhado de um baixista pra lá de excelente e um baterista que segura qualquer parada.

Tiago Iorc @ Tom Jazz

~

E como foi com o lançamento do clipe de Yes and Nothing Less que reencontramos o artista nesta nova fase mais identitária, não podíamos deixar de te apresentar o clipe de Dia Especial, que Iorc lança hoje, encerrando um ano bom em sua carreira.

Fotos: Carla Cipullo e Gabe Simas, respectivamente

# # # # #